segunda-feira, 30 de junho de 2014

???What???

Não sei o que vou escrever, apenas me deu vontade de apertar algumas teclas aleatórias para que formem frases para que pessoas que eu não conheço leiam, quer dizer eu espero que tenha alguém lendo isso.
            Bom, vou contar algumas coisas, mas já aviso: esse texto vai ser chato e sem graça, se quiser ler vá em frente se não quiser perder seu tempo para aqui e sai da página.
                   Ninguém nunca vai me entender, eu posso ir procurar no Alasca, ou no Deserto do Saara, mas nunca vou encontrar ninguém que me entenda, ou quando encontro a pessoa vai embora da minha vida e nunca mais dá notícias.
            A minha vida é parcialmente uma desgraça, são algumas, talvez poucas, coisas ruins que acontecem que me tiram do sério e me deixam muito nervosa, tipo quando a minha professora implica comigo por que eu entro no Facebook e no Twitter às 6:30 da manhã, qual é o problema de eu escolher a hora que quero entrar no MEU Facebook, no MEU twitter, no MEU blog. Mas o pior ainda não é isso, é eu chegar em casa pra contar pra minha mãe e ela defender a minha professora. Eu já deveria estar acostumada, minha mãe nunca me defende de nada, e depois a minha colega que fala: "Eu tenho motivos pra me cortar."
 Querida, motivos não é comer e ter medo de engordar, isso é bulimia e anorexia, motivos é quando nada na tua vida dá certo, quando uma coisa está se encaminhando certo e vem outra e desmancha com tudo.
                           Estou farta de pessoas falsas que se aproximam da gente pra descobrir os "segredos" e depois se afasta pra espalhar para o mundo.
                                PRONTO! Acho que desabafei bastante, leu até aqui? Obrigada!
                             Continue no blog por favor, eu só dou esses chiliques de vez em quando.
                                                         #ListeningAustinMahone'smusic